:: Home >> Sitio do Curió e seu idealizador

Sitio do Curió – sonho de um idealista.

Jorge Guerreiro Heusi , nasceu  em Blumenau/SC  em 1937. Ainda jovem mudou-se com os pais para o Rio de Janeiro onde estudou. Foi lá que descobriu sua grande vocação : Voar.

Recebeu seu certificado  de Piloto Comercial pela Escola de Aperfeiçoamento E Preparação da Aeronáutica Civil (EAPAC) em 1969, no Rio de Janeiro.

Teve oportunidade de conhecer todo o Brasil nas asas de seus aviões. Trabalhou para  os irmãos Vilas Boas, na Fundação Nacional dos Índios - FUNAI ,  ocasião em que usufruiu das belezas de nossas matas e teve contato com os indígenas que povoavam  um enorme território ; foi nessa época que seu espírito aventureiro se consolidou e seu amor pela natureza  e respeito pelas culturas que não conhecia, teve guarida em seu coração.

Trabalhou também no Taxi aéreo – conhecendo as mais longínquas regiões brasileiras  aprendendo com a diversidade cultural a respeitar  o homem e suas características regionais.

Teve sua profissão de piloto colocada também, a serviço dos homens sonhadores que desbravaram e construíram Brasília. Foi piloto  dos que acreditavam que uma cidade grandiosa surgiria no coração central do Brasil.

Homem forte, arrojado, com expressivos olhos azuis que lhe dão. até hoje, um ar de menino, tem inacreditáveis histórias interessantes para contar.

Por todas essas experiências, sua história  de vida foi escrita com muito arrojo. Quem o vê hoje, cuidando de seus "amigos alados” não imagina por onde andou ou com quantas personalidades importantes desse país, conviveu.

Fixou residência em Brasília , cidade que , de alguma forma, participou da construção.  Nela sua família cresceu e frutificou. São seis filhos , muitos netos e alguns bisnetos.

Finalmente, resolveu  voltar para sua terra natal, estabelecendo-se em Florianópolis. Já não voa mais pois a idade é inexorável para os pilotos.

Aí resolveu voar nas asas do sonho :  preservar criando curiós. O Sitio do Curió, nascido do sonho de um idealista, é hoje um exemplo de criadouro . Mas que interesse comercial  tem amor pelos "amigos alados” que são cuidados com todo carinho.

Sonho realizado por um idealista que continua sonhando  em ver nossa cultura preservada, nossas riquezas naturais respeitadas, nossos pássaros cuidados oportunizando as gerações futuras  de desfrutarem toda a beleza de nosso país.